Sobre Carmen Zaglul

Carmen Zaglul radicada no Brasil há mais de dez anos, a artista nasceu em Beirute, Líbano. Migrou junto com a mãe para Costa Rica, fugindo da guerra civil no Líbano e indo morar com os avós, também imigrantes libaneses no país.

Esse forte fato fez de Carmen uma pessoa aberta às novas culturas, novas experiências e línguas totalmente diferentes. Teve como referência formas distintas de se expressar em vários aspectos da vida, na comida, na música, na literatura...fazendo do seu lar aquele lugar que lhe abre as portas.

Artista plástica e terapeuta xamânica, Carmen Zaglul, é graduada em Letras, Publicidade e Fotografia, tem em sua arte uma mistura de olhares formados pela mescla de sua formação.

As influências nas palavras da artista:

“O Líbano, a ideia do Líbano, traz para mim um sentimento forte de saudade. A impossibilidade de morar na terra que me viu nascer é um elemento forte no meu imaginário, somado ao desejo de voltar, sempre voltar, que se mistura com os cheiros, as cores e os sons que são a raiz da identidade dos meus sentimentos na hora de criar. Tudo isso é claramente expressado nos meus traços, meus rabiscos, na necessidade de expressão do feminino, no uso de diferentes técnicas e de cores, ou na ausência delas.

Já o Brasil, onde vivo atualmente, me deu o maior presente de todos: me entender como artista. No Brasil eu acreditei em mim mesma. Cheguei no aqui há mais de dez anos, definitivamente um grande movimento e uma nova grande mudança! Criar já precisa de um movimento interno, então, chegar nesta terra maravilhosa só podia trazer grandes novas manifestações.

Enfim, o Brasil começou a gerar uma série de oportunidades de ir juntando os pedaços, os meus pedaços. Esse país é o catalizador da minha identidade como artista. É o continuum, é composto de um povo que vive em constante renovação, um país que se redescobre a cada momento, e eu me descubro com ele”.

 

Newsletter

Redes Sociais